Search
  • revistabudo

Nova identidade visual marca o novo momento da ITKF

Gestão Esportiva

30 de novembro de 2019

Por PAULO PINTO I Fotos BUDOPRESS

Curitiba - PR


As letras da nova marca foram dimensionadas para obter uma boa relação entre si e são autênticas, ou seja, foram desenhadas exclusivamente para a instituição e também servirão para alavancar as mudanças institucionais já em curso

A nova marca da ITKF expressa a inovação, a força e o movimento que norteia a modalidade na atualidade

Entre as numerosas inovações promovidas pela diretoria executiva da International Traditional Karate Federation (ITKF), destaca-se a identidade visual, que, além de estar presente na logomarca, abrange todo o material gráfico utilizado na comunicação da entidade mundial com seus filiados.


Para promover a mudança os gestores da modalidade contataram Marcelo Azevedo, faixa-preta de karatê e um dos mais renomados artistas gráficos do Paraná que, segundo Gilberto Gaertner, presidente da ITKF, inspirou-se nos princípios do budô.


Vários momentos da marca da ITKF

“Solicitamos ao conceituado designer Marcelo Azevedo a atualização da logo da ITKF, pois na mudança anterior da logo as linhas verticais tornaram-se horizontais, com clara influência da marca da IBM que, naquele momento, era um símbolo de empresa de sucesso. Pedimos que se mantivesse a ideia inicial da ITKF a partir de elementos originais e conectados com a essência do karatê tradicional. Creio que o grande insight foi desenvolver o K a partir da imagem do mestre Nishiyama em kokutsu-dachi”, explicou o dirigente.


O designer Marcelo Azevedo em seu estúdio em Curitiba

Designer gráfico com larga experiência, Azevedo explicou que a atualização de uma marca não deve ser pautada somente por questões de modismo ou troca de cor ou estilo. Deve haver critérios e propósitos bem definidos, que estejam relacionados a fatores técnicos, funcionais, de simbologia, culturais e estéticos, entre outros.


“Uma marca possui sua história, a qual deve ser respeitada, assim como suas origens e a sua essência. O fato de modernizar sua aparência pode gerar a sensação de crescimento, inovação, confiança e dinamismo. Os suportes da comunicação mudaram muito nos últimos anos fazendo com que as marcas acompanhem esse movimento. Hoje as grandes companhias trabalham na simplificação de suas marcas. A visualização nos telefones celulares pede que a leitura da marca seja rápida e pregnante, ou seja, que cause forte impressão. Quanto maior o número de elementos, efeitos, gradientes e detalhes, tanto mais difícil de conseguir fixar a essência da marca. Uma boa marca deve ter um excelente grau de leitura ainda que em tamanhos muito reduzidos ou aplicados numa única cor”, detalhou o artista gráfico.


Quadro evolutivo da logomarca ITKF

Nascido em 27 de dezembro de 1968 e formado em desenho industrial e projeto de produto pela Universidade Federal do Paraná, Marcelo Gonçalves Azevedo destacou a importância da manutenção de um padrão único na apresentação da identidade visual.


“No tocante aos propósitos citados, percebemos que, para a ITKF, a unificação da identidade visual será muito importante. Observamos que cada país vem utilizando uma forma diversa da marca, fragmentando, assim, sua coesão na comunicação. Nesse sentido, desenvolvemos um padrão simples para situar a marca em âmbito internacional. Com uma barra nas cores das bandeiras dos países e os respectivos nomes logo abaixo, unificamos a sua apresentação. A nova marca também ganhou, além da escrita horizontal tradicional, as disposições quadrada e vertical, permitindo escolher o preenchimento das letras ou trabalhar somente o contorno delas. Isso aumenta a flexibilidade de aplicações conforme as variadas necessidades da comunicação sem prejudicar sua leitura nos diversos suportes”, disse.


Aplicação da nova logomarca da ITKF

Para o artista gráfico, no redesign da marca da ITKF as letras foram dimensionadas para obter uma boa relação entre si e são autênticas, ou seja, foram desenhadas exclusivamente para a instituição. A força dada à letra K lembra o karateca na posição kokutsu-dachi (baseado no mestre Nishyiama nessa posição), com a sua faixa preta, que simboliza em si o objetivo de aperfeiçoamento dos praticantes. “A simples aplicação da letra K num perfil de rede social já identifica a marca como um todo. Nesse único elemento, visto isoladamente, estão presentes todos os atributos de valor e a filosofia da ITKF como uma instituição norteada pelos princípios do budô, cujo intento é popularizar e desenvolver o karatê tradicional na relação amistosa entre os membros de todos os países, no avanço do esporte mundial e na contribuição pelo aperfeiçoamento humano”, concluiu o designer curitibano.


Xícaras da ITKF

O presidente da ITKF destacou a importância de todas as federações nacionais adotarem a marca que, acima de tudo, sintetiza o novo momento do karatê tradicional.


“É importante lembrar que não desenvolvemos uma logo nova, mas uma atualização que tem sintonia com a nossa atualidade. Da mesma forma que a logo foi atualizada, a ITKF como instituição precisa adequar-se à nova realidade imposta pelas mudanças tecnológicas e comportamentais que vivenciamos. O ideal seria que todas as federações nacionais utilizassem as variações possíveis da logo com a finalidade de padronizar a marca do karatê tradicional globalmente e abraçar o novo momento da entidade”, disse Gilberto Gaertner.


Marcelo Azevedo buscou manter alguns aspectos da marca original, em algumas aplicações da nova marca, mantendo, por exemplo, as linhas de contorno que formam as letras nas aplicações sem preenchimento

O principal objetivo da nova logomarca é fortalecer, por meio da imagem gráfica, o trabalho da ITKF visando a popularizar e desenvolver o karatê tradicional

Uma das inúmeras aplicabilidades da marca ITKF

A autenticidade é o ponto alto da nova marca da ITKF


118 views

© 2019 by ITKF Proudly made it by MyID