Search
  • Paulo Pinto

Copa Mundial Interclubes da ITKF projeta participação recorde de atletas

Updated: Aug 28, 2019


Programada para o início de dezembro, em Curitiba, a copa já está gerando grande expectativa por oferecer amplo leque de disputas e permitir que atletas e clubes do mundo inteiro tenham visibilidade internacional

Copa Mundial Interclubes ITKF 2019

22 de agosto de 2019

Por PAULO PINTO I Fotos BUDOPRESS e ARQUIVO

Curitiba– PR

A V Copa Mundial Interclubes será realizada de 2 a 8 de dezembro no ginásio da PUC-PR, em Curitiba,simultaneamente às atividades que integram o XX Campeonato Mundial da ITKF, ou seja, cursos técnicos e de arbitragem, congressos científicos, reuniões da Universidade de Karatê Tradicional e do comitê técnico e administrativo, assembleias continentais e assembleia geral.

O credenciamento e as inscrições para a copa poderão ser feitos nos dias 3 de dezembro das 9h às 20hs e no dia 4 das 9 às 16hs, na secretaria do evento; já o congresso técnico será realizado no dia 4 de dezembro às 18h, sempre no campus da PUC-PR.

Gilberto Gaertner, presidente da International Traditional Karate Federation (ITKF), destaca que a copa interclubes tem como objetivo possibilitar a participação, em um evento de caráter mundial, de atletas que não fazem parte das seleções nacionais, já que no mundial o número de participantes por país é bastante limitado. Outro objetivo é ampliar a participação de crianças e atletas veteranos, além de lançar e testar novos formatos de competição e processos no sistema de arbitragem.

“A Copa Mundial Interclubes está gerando grande expectativa no Brasil e nos filiados de todos continentes, pois vai permitir um intercâmbio direto entre os clubes de karatê tradicional em nível global. Será sem dúvida um evento majestoso, propiciando um momento de integração efetiva entre os povos, muito além das fronteiras, raças e línguas que nos separam. Além da ITKF, teremos outras entidadesconvidadas; sem dúvida será uma grande festa”, previu o dirigente.

Categorias em disputa

A V Copa Mundial Interclubes será disputada nas seguintes categorias individuais: kata e kihon ipponkumitê – 8 e 9 anos, 10 e 11 anos, 12 e 13 anos; kata e ko-go kumitê – 14 e 15 anos, 16 e 17 anos; e kata e kumitê – 18 a 21 anos, 22 a 35 anos, 36 a 49 anos, 50 a 56 anos, 57 a 62 anos e 63 anos e acima.

As disputas por equipe serão compostas por três atletas no kata misto – até 13 anos, 14 a 17 anos e 18 anos e acima; kata veteranos masculino – 50 a 59 anos e 60 anos e acima; e kata veteranos feminino – 50 anos acima.

Dirigentes destacam a importância da

Copa Mundial Interclubes

Sérgio Bastos, presidente da Confederação Brasileira de Karatê Tradicional, lembrou que em 2010 o Brasil realizou a melhor edição de mundiais da ITKF.

“Recebemos a copa interclubes e o campeonato mundial com enorme satisfação e muita alegria. No ano passado sediamos o campeonato pan-americano e em dezembro receberemos as seleções dos quatro continentes que participarão dos eventos que integram o XX Campeonato Mundial da ITKF. É uma responsabilidade muito grande, mas ao mesmo nos enche de orgulho poder organizar o principal evento internacional de nossa modalidade. Em 2010 realizamos a melhor edição de mundiais da ITKF, e este ano certamente repetiremos o feito”, disse o dirigente, que tem a esperança de obter um recorde no número de karatecas inscritos na copa interclubes.

“A realização da Copa Mundial Interclubes agrega enorme valor ao mundial. Este certame oferecerá um intercâmbio gigantesco para os karatecas de todas as faixas etárias porque não limita o número de atletas por modalidade. Além de proporcionar o surgimento de novos talentos, a disputa promove grande troca de experiências”, disse o professor Bastos.

Ibrahim Albakr, presidente da Federação Africana de Karatê Tradicional e membro do conselho administrativo da ITKF, mandou uma mensagem à comunidade internacional.

“Eu gostaria de aproveitar esta oportunidade para encorajar todas as federações nacionais de karatê tradicional a participarem da Copa Mundial Interclubes para compartilhar nossas experiências e aumentar o nível técnico dos atletas da ITKF. Esta forma de competição irá ajudar-nos a construir uma relação muito forte entre todos os países e regiões; independentemente das cores da pele e das línguas, trabalharemos apenas sob o nome e o caminho definido pela ITKF. Tenho certeza de que teremos uma competição maravilhosa e muito bem-sucedida”, disse Albakr.

Alessandro Tizoni Ramos, presidente recém-eleito da Federação de Karatê Tradicional do Paraná, afirma que os clubes paranaenses e a diretoria estão muito motivados pelo evento.

“Primeiramente gostaria de agradecer à ITKF pela grande oportunidade que nos foi oferecida. Vejo como privilégio sediar um evento de tamanha magnitude em nosso Estado, sendo que participar de um mundial em outros países é dificultoso e muito caro para todos nós, principalmente para os nossos atletas”, disse o dirigente, que concluiu falando sobre a expectativa e o legado desta importante competição.

“A copa gera grande expectativa mundial por oferecer amplo leque de disputas e permitir que atletas e clubes do mundo todo tenham visibilidade internacional. Nossa estimativa é a de inscrever mais de 300 atletas somente no mundial interclubes. Penso que estamos trabalhando duro para que este evento fique na história do karatê do Paraná e da ITKF.”

O macedônio Dejan Nedev, secretário geral da Federação Europeia de Karate Tradicional (ETKF) e membro do conselho administrativo da ITKF, destacou a expertise da CBKT na realização de grandes eventos.

“Em primeiro lugar, gostaria de parabenizar a CBKT por seus esforços na organização da Copa do Mundo Interclubes em Curitiba. A confederação brasileira é uma das maiores e mais fortes federações de karatê tradicional do mundo, com enorme experiência na organização de grandes competições. Participei do campeonato mundial realizado na cidade de Curitiba em 2010, e posso afirmar que foi um evento de excelência. Isso significa que a Copa do Mundo Interclubes deste ano será organizada no mais alto nível. Desejo tudo de bom para os organizadores e reitero que os países europeus darão grande apoio e participarão deste grande evento”, disse Nedev.

Para o presidente da federação da Bahia e diretor técnico da Confederação Brasileira de Karatê-Dô Tradicional (CBKT), professor Eckner de Pereira Cardoso Sobrinho, é grande a expectativa para a realização da V Copa Mundial Interclubes.

“Trata-se de um evento de alto nível, com o padrão de seriedade e organização dos dirigentes paranaenses. Algumas novidades serão testadas, como as modalidades de kata equipe mista e kata equipe máster, o que permitirá a participação de maior número de atletas de todos os países. Jovens a partir dos 8 anos também poderão inscrever-se por intermédio dos seus clubes”, disse o dirigente baiano.

“Coordenados pelo professor Gilberto Gaertner, presidente da ITKF, os organizadores trabalham exaustivamente para êxito do certame. Enfatizo que a competição é um importante meio de aprimoramento técnico, físico e psicológico, aliado ao cultivo de valores inerentes aos praticantes de karatê-dô tradicional, inseridos no dojô-kun”, concluiu sensei Eckner.

Otimista, Jorge Crosa, presidente da Federação de Karatê Tradicional do Uruguai, prevê uma conquista histórica para a seleção celeste.

“Depois de uma participação excepcional no Campeonato Pan-Americano de 2018 em Curitiba, no qualforam medalhistas de ouro em várias modalidades e ocuparam o segundo lugar entre as seleções, os celestes buscarão reafirmar tudo que foi feito nos últimos quatro anos”, assegurou o dirigente uruguaio.

O Uruguai espera desembarcar em terras brasileiras com 50 atletas aproximadamente, entre crianças, jovens e adultos. As eliminatórias para compor a delegação uruguaia terminam em novembro, quando se disputa o Campeonato Nacional 2019/Copa Bushidô. Será a maior delegação que o Uruguai já organizou.

Mais informações e notícias sobre a V Copa Mundial Interclubes poderão ser encontradas a partir de 1º de setembro no site www.itkf-events.com e no facebook www.facebook.com/pg/itkf-events

LEGENDAS

Copa Mundial Interclubes da ITKF 1 - Gilberto Gaertner, presidente da ITKF

Copa Mundial Interclubes da ITKF 2 - Sérgio Bastos, presidente da Confederação Brasileira de Karatê Tradicional

Copa Mundial Interclubes da ITKF 3 - Eckner de Pereira Cardoso Sobrinho, presidente da Federação de Karatê-Dô Tradicional da Bahia.

Copa Mundial Interclubes da ITKF 4 - Gilberto Gaertner, presidente da ITKF e Ibrahim Al Bakr, presidente da ATKF vislumbram um novo momento para o karatê tradicional na África

Copa Mundial Interclubes da ITKF 5 - Jorge Crosa, presidente da Federação de Karatê Tradicional do Uruguai

Copa Mundial Interclubes da ITKF 6 - Alessandro Tizoni Ramos, presidente FPrKT e seu vice Jean Laure Edoardo

Copa Mundial Interclubes da ITKF 7 – Dejan Nedev, secretário geral da Federação Europeia de Karate Tradicional (ETKF)




0 views

© 2019 by ITKF Proudly made it by MyID